Porto @ revista Top Destinos (BR)

Standard
 
 
Excerto da reportagem da jornalista brasileira Luciana Lancellotti na revista Top Destinos de Abril/2011, com muito boas referências ao Porto, que foi premiada pela Comissão Europeia de Turismo na categoria de Melhor Reportagem de Revista de Imprensa (via: www.gourmetviajante.com.br).
 

TOP DESTINOS: PORTUGAL PARA VIVER E COMER 

Diz um antigo ditado português que enquanto Lisboa se diverte, o Porto trabalha. E se a sabedoria popular tem sempre um fundo de verdade, o melhor da viagem é tirar proveito das diferenças que, de fato, existem entre as duas cidades: uma ao norte do país, abraçada pelo Douro, outra a oeste, de mãos dadas com o Tejo. Máquina fotográfica em punho, espírito aberto para a descoberta. Hora de mergulhar nas tendências do velho Porto e nas lembranças da Lisboa que se renova.

Por Luciana Lancellotti  

A ordem da viagem não importa. Prejuízo seria visitar Lisboa sem conhecer o Porto. Ou vice-versa. Quem começa pela Invicta – como o Porto é carinhosamente chamado – entra de mansinho em Portugal, frente à imponência nostálgica da cidade que deu nome  não só a um dos maiores ícones portugueses – o vinho produzido na região – como também ao próprio país: os primeiros povoados chamavam-se Portus e Cale, que mais tarde se transformariam nas cidades separadas pelo Douro – Porto e Vila Nova de Gaia. Nesta última, aliás, estão concentradas as velhas caves recuperadas, hoje voltadas ao enoturismo. Sem nenhum demérito a elas -  pelo contrário, merecem todos os louros  – há muito mais a descobrir por aqui. Não foi à toa que a revista americana Travel and Leisure considerou o Porto um dos destinos mais sexy e acessíveis do mundo.

NA CONTRAMÃO DO CENÁRIO MÁGICO FORMADO POR FACHADAS COLORIDAS COM VARANDAS E AZULEJOS, A VIDA GASTRONÔMICA NA CIDADE RESPIRA CONTEMPORANEIDADE, SEM ABRIR MÃO DA TRADIÇÃO.

Nesse ritmo, cafés e restaurantes parecem se multiplicar, dos pequenos e charmosos aos maiores e elegantes. Há, também, os que fazem do design uma identidade. Mas não se engane: por mais trendy que o ambiente se revele, comida, aqui, é assunto sério – para ela se voltam as principais atenções.  

Seguindo essa filosofia, um dos locais mais disputados fica na Foz, região frequentada pelo público urbano e cool. É o Cafeína, instalado em uma casa restaurada do início do séc. XX, com decoração em tons fechados, que dá ar envolvente ao lugar, perfeito para ver, ser visto e comer divinamente. Por isso mesmo, é preciso fazer reserva. Ainda no território da alta gastronomia,  o DOP, sob o comando do chef Rui Paula, foi aberto há pouco mais de um ano, arrebatando os paladares mais exigentes. Dividido em dois ambientes sob tons de branco e castanho, o lugar não ostenta. Peça uma das três opções de menu degustação e comemore caso seja servido o “robalo em seu habitat”: o peixe, no ponto perfeito de cocção, vem envolto em algas, com vôngolis e aroma de maresia.

JÁ O BUHLE, EM FRENTE AO MAR DA FOZ, FOI DESTAQUE NA REVISTA NORTE-AMERICANA WALLPAPER. A COZINHA FUSION PRATICADA AQUI ATRAI FREQUENTADORES DESCOLADOS.

Comece pedindo um bom Jasmin Pearls, drinque à base de vodca, chá de jasmim, xarope de canela e suco de limão, e entregue-se ao cardápio, que faz um blend entre sabores orientais, mediterrâneos e atlânticos. Se o desejo for mergulhar na cozinha tradicional portuguesa, uma porta discreta no bairro de Matosinhos é a senha: assim que ela se abre, um amplo espaço com sutil referência retrô e pitadas parisienses revela o Quarenta e 4. Mantendo o sotaque português, o contemporâneo Bull & Bear é uma opção interessante,  dividido em três espaços, um deles com janelões que dão vista para a avenida.

Para um bom programa cultural, o endereço é a Casa da Música, principal espaço de concertos da cidade. Confira a agenda e aproveite as apresentações, que acontecem em dois auditórios e no topo do edifício. O restaurante local, com cozinha de autor, também vale a visita, assim como o bar, perfeito para algo rápido, antes ou depois dos concertos.

Se bater vontade de comprar presentes com personalidade, passe na Loja de Serralves, onde se encontram os cobiçados sabonetes de luxo da marca portuense Castelbel, e confira, também, as novidades na Lobo Taste, loja do designer Paulo Lobo, que reinventou o artesanato tradicional português.

Fim de tarde

No coração do centro histórico, o Café Candelabro tem charme nostálgico que pede um bom Porto e uma fatia de bolo de chocolate, a serem apreciados, de preferência, no terraço.

APROVEITE A TARDE, TAMBÉM, PARA CAMINHAR PELA BAIXA, REGIÃO COOL DA CIDADE, COM ARMAZÉNS E GALPÕES REVITALIZADOS. PERCORRA LIVRARIAS E CAFÉS E, QUANDO A NOITE CHEGAR, SAIBA QUE JÁ ESTÁ NO LUGAR CERTO.

Estique até o Baixa Barcom design atraente que mescla o high-tech e o retrô, e mergulhe no clima lounge, perfeito para conversar, namorar e dançar. E depois de ter entrado de mansinho na cidade, você certamente vai lamentar ter de deixá-la.

(…)

Onde Ficar

Hotel Teatro

É hype se hospedar neste hotel, um dos mais novos da cidade, instalado no prédio restaurado onde já funcionou o histórico Teatro Baquet. A atmosfera recria a dramaturgia, com direito a  décor em tons de dourado e corredores iluminados por projetores. Tudo no melhor estilo urban chic. O restaurante, Palco, de cozinha mediterrânea, fica no piso principal. A partir de  € 113,00 (duplo).
http://www.hotelteatro.pt | Tel +351 220409620

Hotel Infante Sagres

Em um edifício dos anos 50 no centro histórico, este hotel já recebeu hóspedes ilustres como Catherine Deneuve, Príncipe Edward da Inglaterra e  Dalai Lama. A atmosfera, neobarroca, ganha toques contemporâneos com pitadas de irreverência. No restaurante, Boca do Lobo, o estrelado chef Albano Lourenço utiliza ingredientes locais com inspiração nas tradições gastronômicas do Porto. A partir de 215 EUR (duplo). 
http://www.hotelinfantesagres.pt | Tel (+351) 223 398 500

Pestana Porto Hotel

Localizado na Praça da Ribeira, pertinho da emblemática Ponte D. Luís, o hotel ocupa parte de um quarteirão de prédios dos séculos XVI, XVII e XVIII. A vista sobre o Douro é deslumbrante. A decoração une o sóbrio ao contemporâneo, sem abrir mão do aconchego. Reserve um quarto voltado para o rio e acorde, feliz, na Invicta. A partir de 195 EUR (duplo).
http://www.pestana.com | Tel (+351) 22 340 23 00

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s