Clínica Dentária by Paulo Merlini

Standard

Uma caixa branca em forma de casa parece flutuar sobre a recepção em cinza escuro desta clínica dentária no Porto, projectada pelo arquitecto Paulo Merlini. “O interior da caixa imita a ideia de estarmos sob um telhado, dando aos utentes uma sensação familiar de conforto e ajudando-os a acalmar antes do tratamento”, explicou o arquitecto.

Filas de lâmpadas brancas redondas iluminam a recepção e vasos de plantas pairam sobre uma cama de gravilha no fundo do espaço de entrada, atrás da qual estão as salas de tratamento brilhantemente iluminadas. Uma pequena janela foi inserida no canto da caixa branca para permitir que a luz passe para o piso superior, onde existe uma sala de espera em cinza escuro antes do laboratório e de uma sala de reuniões. O acesso ao piso superior é feito através de uma escada branca flutuante ao longo da parede espelhada da recepção.

Fonte: Dezeen | Fotografias: João Morgado

Consexto LAB

Standard

O novo “laboratório” da Consexto, empresa de serviços personalizados que conjugam as áreas de arquitetura, design de produto e tecnologia, está localizado na Avenida da Boavista. Tendo em conta o crescimento, a evolução e o impacto da ciência, a ideia da Consexto foi projectar e executar um espaço de trabalho e showroom com produtos personalizados que interagisse com soluções tecnológicas vanguardistas, adaptadas de forma simples, cómoda e eficiente ao dia-a-dia de cada um. Neste espaço constam uma loja, um showroom com um home-cinema e zona de escritórios e reunião.

Um bom exemplo do seu trabalho é o projeto Casa Closet: desafiando todas as regras, a Consexto soube transformar os 44 m2 de um apartamento em Matosinhos numa habitação com 5 divisões, usando apenas o deslizamento de paredes e armários. Demonstrando que é possível morar em pequenos espaços de maneira cómoda, com sofisticação e tecnologia das casas maiores.

Consexto
Avenida da Boavista 3769, loja 30
+351 222 022 106
http://www.consexto.com

“Respect for architecture – Porto 2012″, 6 Set – 5 Out.

Standard

20120725-003524.jpg

A Ordem dos Arquitectos Secção Regional Norte anuncia os 20 projectos que vão integrar a 1ª edição da selecção “RESPECT FOR ARCHITECTURE, Porto 2012”. A selecção das obras foi da responsabilidade do comissariado constituído pelos arquitectos Ana Neto Vieira e Luís Tavares Pereira.

Obras seleccionadas (listadas por ordem alfabética):

1 – Almada Guesthouse
Arquitectura: António Cabral Campello
Promotor: Fernandes, Duarte e Campello, Lda.

2 – Apartreboleira
Arquitectura: António Portugal, Anne Wermeille Mendonça
Promotor: Anne Wermeille Mendonça

3 – Arquivo
Arquitectura: Tiago Arêde Júdice (3Cultura)
Promotor : 3Cultura – Ind. Criativas, Lda.

4 – Atelier ASVS
Arquitectura: ASVS Arquitectos Associados
Promotor: ASVS Arquitectos Associados, Lda. | LBS Lifestyle Porto

5 – BNapartments RIO
Arquitectura: António Portugal, Anne Wermeille Mendonça
Promotor: JASPE – Soluções Imobiliárias e Financeiras

6 – Café Vitória
Arquitectura: Miguel Tomé
Promotor: Entre Outros, Lda.

7 – Casa da Baixa – Pizza & Drinks / Apartments
Arquitectura: Rocha Leite, Arquitectos Associados
Promotor: FJ Conceitos, Restauração e Serviços, Lda.

8 – Casa do Conto, arts & residence
Arquitectura: Atelier Pedra Líquida
Promotor: Casa do Conto, Lda.

9 – Casa d’Oro, Restaurante
Arquitectura: Miguel Tomé
Promotor: Adoselis, Indústria Hoteleira, S.A.

10 – 3C Clérigus Café Clube
Arquitectura: Paula Tinoco, GAAPE
Promotor: 3C Clérigus Café Clube, Lda.

11 – Grande Hotel do Porto
Arquitectura: Cremascoli, Okumura, Rodrigues, Arquitectos
Promotor: Sociedade Hoteleira, Lda.

12 – ICHIBAN – restaurante japonês
Arquitectura: Duarte Morais Soares
Promotor: Servo e Costa, Lda.

13 – Loja Cutipol Porto
Arquitectura: José Carlos Cruz
Promotor: Cutipol – Cutelarias Portuguesas, S.A.

14 – Loja Luís Buchinho
Arquitectura: António Cabral Campello
Promotor: Luís Buchinho Unipessoal, Lda.

15 – MISS´OPO
Arquitectura: Gustavo Guimarães
Promotor: MISS’OPO, Lda.

16 – Pensão Favorita
Arquitectura: Nuno Sottomayor
Promotor: Pensão Favorita, Lda.

17 – Restaurante Góshò
Arquitectura: aNC arquitectos
Promotor: CCCAH – Porto Sushi, Actividades Hoteleiras Lda.

18 – ROSA ET AL Townhouse
Arquitectura: Emanuel de Sousa
Promotor: Bed and Brunch Collection | AER Investimentos, Lda.

19 – The Four Rooms, AL
Arquitectura: Eduardo Souto de Moura
Promotor: 4 Rooms

20 –The White Box House
Arquitectura: Filipa Guerreiro e Tiago Correia (Atelier da Bouça)
Promotor: The White Box Lda.

As 20 obras seleccionadas serão apresentadas de 6 de Setembro a 5 de Outubro em diversos locais da cidade, em suporte vídeo, numa iniciativa paralela à Porto Design Week. O vídeo, com produção e realização da TVU, pode ser visto no Palácio da Bolsa, no Aeroporto e no Metro do Porto e o evento, de entrada gratuita, vai acontecer duas vezes por ano.

As obras distinguidas integrarão um Mapa Roteiro, que terá distribuição em diversos pontos-chave da cidade e serão assinaladas com a marca Selecção RESPECT FOR ARCHITECTURE, Porto 2012 – OASRN, da autoria do atelier de design R2 Design.

Photo: Casa do Conto by Fernando Guerra

Piscina das Marés by Álvaro Siza

Standard

20120713-011742.jpg

20120713-085412.jpg

20120713-085231.jpg


Foto: Fernando Guerra

Sendo uma das primeiras obras projetadas pelo laureado arquiteto Álvaro Siza, construída entre 1961 e 1966, o complexo Piscina das Marés tornou-se um dos mais procurados e visitados espaços arquitetónicos da cidade. Debruçada sobre o oceano Atlântico, em Leça da Lameira, rebaixada face à rua e podendo passar despercebida a quem passa na avenida, esta piscina cria um ambiente único de harmonia e perfeita adaptação ao meio envolvente que contempla o mar, as rochas, a areia e a via pública.

O projeto integra duas piscinas, de água salgada, balneários e bar-lounge, delineado de uma forma tal que reflete perfeitamente a orientação do trabalho de Siza ao longo da sua carreira, partindo da observação e análise cuidada do espaço para a relação harmoniosa entre a construção e a natureza. Por isso, a Piscina das Marés incorpora uma lição de como a arquitetura se pode e deve adaptar ao meio. E fica a uns 15 minutos a pé de outro dos primeiros projetos do arquiteto na mesma altura, a Casa de Chá da Boa Nova.

Piscina das Marés
Álvaro Siza, 1966
Avenida da Liberdade, Leça da Palmeira
Verão: Piscina 9:00-19:00, Bar 9:00-02:00<

Hospital CUF

Standard

20111029-155731.jpg

20111029-155722.jpg

20111029-155743.jpg

20111029-155755.jpg

20111029-155806.jpg

20111029-155819.jpg

20111029-155829.jpg

Hospital CUF Porto
Projecto: Manuel Ventura & Associados Arquitectos, 2008-2010
in: Estrada da Circunvalação 14341, Porto

O edifício do Hospital CUF é composto por dois corpos volumétricos que estão sobrepostos, sendo que o volume superior é revestido a vidro e aço e está deslocado, com um balanço de 8 metros, sobre o corpo mais opaco, em betão, que forma a base. O átrio a que se acede a partir da entrada é como uma praça interior, que permite a entrada de luz natural e dá uma visão global do edifício. O projecto foi seleccionado para a restrita lista do WORLD ARCHITECTURE FESTIVAL 2010. As fotos são do site dos arquitectos www.mventura.pt

Escritórios Fraunhofer

Standard

A Fraunhofer Portugal é uma associação privada sem fins lucrativos fundada pela alemã Fraunhofer-Gesellschaft, a maior organização de investigação aplicada na Europa, e tem escritórios localizados no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.

“… O novo espaço de investigação (da autoria de Pedra Silva Arquitectos) tem uma área de 1660m² divididos em dois pisos. A circulação é a espinha dorsal do projecto e acontece ao longo da grande fachada cortina. A partir desta circulação longitudinal faz-se o acesso aos vários espaços dos escritórios. Estes espaços, de dimensão e função variada, são gerados a partir de um gesto forte que determina todo o funcionamento e imagem do conjunto: um plano que ondula no grande espaço vazio, gerando espaços habitáveis maiores ou menores e mais ou menos privados de trabalho …”

Escritórios Fraunhofer
Campus Universitário da Asprela, Porto
Arq.: Pedra Silva Arquitectos, 2011

Fotos: João Morgado – www.photo.joaomorgado.com

Living Foz | dEMM Arquitectura

Standard

Localizado no Porto, nas proximidades do mar, o edifício residencial Living Foz é composto por 40 apartamentos repartidos entre 7 pisos. Foi projectado pela dEMM Arquitectura, sendo evidente o seu ajustamento ao meio envolvente e à dinâmica da percepção emocional que emana naturalmente da dicotomia mar-sol da zona onde o edifício se insere.

A articulação da fachada em ângulo proporciona varandas amplas, espaços enriquecidos por contrastes de luz e sombra, de exposição e de protecção, criando um efeito visual irregular enfatizado pelo contraste entre o branco da fachada e o escuro do betão armado. O princípio material e a geometria angular das fachadas continua nas áreas externas, que ocupam 30% do espaço total preservando o edifício das construções vizinhas, com espaços ajardinados que criam uma paisagem também contrastante e irregular.

Living Foz, 2008-2010
architects: dEMM Arquitectura, Paulo Fernandes da Silva
in: Foz do Douro, Porto
Fotos © dEMM Arquitectura

Pritzker 2011 : Eduardo Souto de Moura

Standard

Eduardo Souto de Moura (Porto, 1952) foi hoje laureado com o Pritzker 2011, o maior galardão da arquitectura mundial!

No seu comunicado, o júri do prémio Pritzker destaca que “durante as últimas três décadas, Eduardo Souto Moura produziu um corpo de trabalho que é do nosso tempo mas que também tem ecos da arquitectura tradicional. Os seus edifícios apresentam uma capacidade única de conciliar características opostas, como o poder e a modéstia, a coragem e a subtileza”. Souto Moura junta-se, assim, a Álvaro Siza (em 1992) entre os eleitos mundiais com o “nobel” da arquitectura.

Aqui ficam algumas das suas marcas na paisagem da cidade do Porto.

Edifício Burgo

Casa do Cinema

Edifícios de habitação + escritórios, Av. Boavista

Estação de Metro da Trindade

 

Estação de Metro / imagem (c) Fernando Guerra & Sergio Guerra

4 Rooms

 

Bairro da Bouça

Standard

O complexo habitacional do Bairro da Bouça é um projecto de referência na cidade que merece estudo e uma visita, não apenas por ter sido desenhado pelo arquitecto Siza Vieira, mas também pelo desafio da construção, sob condições complicadas e num local de difícil enquadramento, de casas com elevada qualidade a baixos preços. O “bairro do Siza” é um complexo com quatro blocos de 4 pisos, lado a lado e paralelos a uma enorme parede diagonal que protege os apartamentos do ruído de uma linha férrea elevada, onde agora passa o metro. Os principais aspectos que se destaco no projecto são o design minimalista e funcional, a composição visual das fachadas resultante da original disposição de escadas, portas e janelas, assimétricas entre pisos sendo o último recuado, bem como o sistema de articulação das passagens que interligam o complexo.

Tendo estado por concluir durante 3 décadas, foi entretanto alvo de uma intervenção que, embora mantendo o desenho original, melhorou a qualidade das habitações, acrescentou novos corpos, dois deles de estrutura semi-triangular, um parque de estacionamento subterrâneo, espaços comerciais e zonas verdes entre blocos. Esta renovação qualitativa trouxe uma nova vida a este espaço e a conjugação única de factores atraiu artistas, arquitectos e jovens casais para ali se instalarem, mantendo o espírito comunitário com uma nova e refrescante abordagem.

The housing complex of ‘Bairro da Bouça‘ is a reference project in the city that is worth studying and visiting, not only because it was designed by the awarded architect Siza Vieira, but also by the challenge of building houses, with high quality at low prices, under rough conditions and the difficulties of the site. The “Siza’s neighborhood” is a complex with four buildings that are 4-floors high, side by side and parallel to a diagonal huge wall that protects the apartments of the noise that comes from an elevated rail line, now used by the metro. The main aspects that I highlight in the project are the functional and minimalist design, the visual composition of the facades resulting from the unique distribution of stairs, doors and windows, assimetrical by each floor and with a set-back on the top one, and the system of passages that connect the whole complex.

Having been unfinished for over three decades, it has recently undergo an intervention, although maintaining the original design, by increasing the housing quality, adding new buildings, two of them with a semi-triangular structure, an underground car park, some commercial areas and green zones in the courtyards between blocks. This qualitative renovation have brought a new life to this space and its unique combination of factors has attracted artists, architects and young couples to settle in, maintaining the community spirit with a tottaly new and fresh approach.

Bairro da Bouça
architect: Álvaro Siza, 1973-77 & 2001-06
in: Rua da Boavista/Rua das Águas Férreas

GPS 41.156223,-8.617519 | MAP

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Edifício Burgo