Escritórios Fraunhofer

Standard

A Fraunhofer Portugal é uma associação privada sem fins lucrativos fundada pela alemã Fraunhofer-Gesellschaft, a maior organização de investigação aplicada na Europa, e tem escritórios localizados no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.

“… O novo espaço de investigação (da autoria de Pedra Silva Arquitectos) tem uma área de 1660m² divididos em dois pisos. A circulação é a espinha dorsal do projecto e acontece ao longo da grande fachada cortina. A partir desta circulação longitudinal faz-se o acesso aos vários espaços dos escritórios. Estes espaços, de dimensão e função variada, são gerados a partir de um gesto forte que determina todo o funcionamento e imagem do conjunto: um plano que ondula no grande espaço vazio, gerando espaços habitáveis maiores ou menores e mais ou menos privados de trabalho …”

Escritórios Fraunhofer
Campus Universitário da Asprela, Porto
Arq.: Pedra Silva Arquitectos, 2011

Fotos: João Morgado – www.photo.joaomorgado.com

Living Foz | dEMM Arquitectura

Standard

Localizado no Porto, nas proximidades do mar, o edifício residencial Living Foz é composto por 40 apartamentos repartidos entre 7 pisos. Foi projectado pela dEMM Arquitectura, sendo evidente o seu ajustamento ao meio envolvente e à dinâmica da percepção emocional que emana naturalmente da dicotomia mar-sol da zona onde o edifício se insere.

A articulação da fachada em ângulo proporciona varandas amplas, espaços enriquecidos por contrastes de luz e sombra, de exposição e de protecção, criando um efeito visual irregular enfatizado pelo contraste entre o branco da fachada e o escuro do betão armado. O princípio material e a geometria angular das fachadas continua nas áreas externas, que ocupam 30% do espaço total preservando o edifício das construções vizinhas, com espaços ajardinados que criam uma paisagem também contrastante e irregular.

Living Foz, 2008-2010
architects: dEMM Arquitectura, Paulo Fernandes da Silva
in: Foz do Douro, Porto
Fotos © dEMM Arquitectura

Pritzker 2011 : Eduardo Souto de Moura

Standard

Eduardo Souto de Moura (Porto, 1952) foi hoje laureado com o Pritzker 2011, o maior galardão da arquitectura mundial!

No seu comunicado, o júri do prémio Pritzker destaca que “durante as últimas três décadas, Eduardo Souto Moura produziu um corpo de trabalho que é do nosso tempo mas que também tem ecos da arquitectura tradicional. Os seus edifícios apresentam uma capacidade única de conciliar características opostas, como o poder e a modéstia, a coragem e a subtileza”. Souto Moura junta-se, assim, a Álvaro Siza (em 1992) entre os eleitos mundiais com o “nobel” da arquitectura.

Aqui ficam algumas das suas marcas na paisagem da cidade do Porto.

Edifício Burgo

Casa do Cinema

Edifícios de habitação + escritórios, Av. Boavista

Estação de Metro da Trindade

 

Estação de Metro / imagem (c) Fernando Guerra & Sergio Guerra

4 Rooms

 

Bairro da Bouça

Standard

O complexo habitacional do Bairro da Bouça é um projecto de referência na cidade que merece estudo e uma visita, não apenas por ter sido desenhado pelo arquitecto Siza Vieira, mas também pelo desafio da construção, sob condições complicadas e num local de difícil enquadramento, de casas com elevada qualidade a baixos preços. O “bairro do Siza” é um complexo com quatro blocos de 4 pisos, lado a lado e paralelos a uma enorme parede diagonal que protege os apartamentos do ruído de uma linha férrea elevada, onde agora passa o metro. Os principais aspectos que se destaco no projecto são o design minimalista e funcional, a composição visual das fachadas resultante da original disposição de escadas, portas e janelas, assimétricas entre pisos sendo o último recuado, bem como o sistema de articulação das passagens que interligam o complexo.

Tendo estado por concluir durante 3 décadas, foi entretanto alvo de uma intervenção que, embora mantendo o desenho original, melhorou a qualidade das habitações, acrescentou novos corpos, dois deles de estrutura semi-triangular, um parque de estacionamento subterrâneo, espaços comerciais e zonas verdes entre blocos. Esta renovação qualitativa trouxe uma nova vida a este espaço e a conjugação única de factores atraiu artistas, arquitectos e jovens casais para ali se instalarem, mantendo o espírito comunitário com uma nova e refrescante abordagem.

The housing complex of ‘Bairro da Bouça‘ is a reference project in the city that is worth studying and visiting, not only because it was designed by the awarded architect Siza Vieira, but also by the challenge of building houses, with high quality at low prices, under rough conditions and the difficulties of the site. The “Siza’s neighborhood” is a complex with four buildings that are 4-floors high, side by side and parallel to a diagonal huge wall that protects the apartments of the noise that comes from an elevated rail line, now used by the metro. The main aspects that I highlight in the project are the functional and minimalist design, the visual composition of the facades resulting from the unique distribution of stairs, doors and windows, assimetrical by each floor and with a set-back on the top one, and the system of passages that connect the whole complex.

Having been unfinished for over three decades, it has recently undergo an intervention, although maintaining the original design, by increasing the housing quality, adding new buildings, two of them with a semi-triangular structure, an underground car park, some commercial areas and green zones in the courtyards between blocks. This qualitative renovation have brought a new life to this space and its unique combination of factors has attracted artists, architects and young couples to settle in, maintaining the community spirit with a tottaly new and fresh approach.

Bairro da Bouça
architect: Álvaro Siza, 1973-77 & 2001-06
in: Rua da Boavista/Rua das Águas Férreas

GPS 41.156223,-8.617519 | MAP

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Edifício Burgo

Edifício Vodafone

Standard

vodafone

O novo edifício sede da Vodafone no Porto, localizado no cruzamento da Avenida da Boavista com a Rua Correia de Sá quase em frente ao Colégio do Rosário, trouxe uma nova forma tridimensional à cidade, que marca pela sua estética arrojada, composta por um volume irregular de betão branco cortado por linhas geométricas que parecem ter a pretensão de formar losangos justapostos, alguns dos quais transformados em enormes janelas, com o ar futurista saído de um filme de ficção científica.

Da autoria dos arquitectos José António Barbosa e Pedro Guimarães (Barbosa & Guimarães), este projecto surge como um marco arquitectónico que vale a pena ver e se vai certamente tornar emblemático na cidade. Encaixado entre edifícios tradicionais, agora tornados “vulgares”, começa por nos estranhar ao olhar, captando a nossa atenção e levando-nos a pensar que se trata de algum museu moderno, mas acaba por conquistar pela sua forma estranhamente simpática.

The new Vodafone headquarters in Porto, placed at the intersection of Avenida da Boavista with Rua Correia de Sá almost in front of Colégio do Rosário, has brought a new three-dimensional shape to the city, which stands for its bold aesthetic, as an irregular concrete volume cut by white geometric lines that seem to draw some juxtaposed lozenge shapes, some of which are turned into huge windows, with a futuristic look that seems to come out of some science fiction movie.

Designed by the architects José António Barbosa and Pedro Guimarães (Barbosa & Guimarães), this project appears as a new architectural landmark that is worth seeing and will definitely become emblematic in town. Nested among several traditional buildings, that now have become “common”, it starts making us finding it strange, catching our attention and making us wondering if that’s a modern museum, but eventually conquers our heart by its strangely pleasant shape.

Edifício Vodafone – Porto
architect: Barbosa & Guimarães, 2006-2009
in: Avenida da Boavista, 2949
GPS  |  MAP

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Edifício Burgo

Viaggi di Architettura @ Porto

Standard

Embora tenha sido publicado online há cerca de um ano, vale a pena (re)ver este video dos italianos da Nonsolomoda dedicado à arquitectura na cidade do Porto, sob o olhar atento da viaggidiarchitettura.it

Although it has already been posted online a year ago, it is worth (re)watch this video of the Italians from Nonsolomoda devoted to architecture in the city of Oporto, under the eyecatch of viaggidiarchitettura.it

Viaggi di Architettura @ Porto, Jun.2008
via: http://www.viaggidiarchitettura.it

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Casa do Cinema

Casa do Cinema

Standard

casa do cinema

casa do cinema

casa do cinema

A denominada ‘Casa do Cinema Manoel de Oliveira‘ nasceu do desenho arrojado do arquitecto Eduardo Souto de Moura, num estilo diferente, que parece algo mais próximo de Álvaro Siza, com um volume assimétrico que se procura enquadrar no meio das casas envolventes, de onde se destacam enormes janelas que mais parecem os olhos salientes de um insecto que perscrutam tudo à sua volta, animando o edifício no seu conjunto.

The so-called ‘Casa do Cinema Manoel de Oliveira‘ was born from the sketches of the architect Eduardo Souto de Moura, in a different style that sounds like closer to Álvaro Siza’s, as an asymmetrical volume that tries to fix among the surrounding houses, from which stand out the huge windows that look like prominent eyes of an insect that examine everything around them, livening up the building as a whole.

Casa do Cinema Manoel de Oliveira
arch.: Eduardo Souto de Moura, 2003
at: Rua Arquitecto Viana de Lima

GPS   |   MAP