Edifício Vodafone

Standard

vodafone

O novo edifício sede da Vodafone no Porto, localizado no cruzamento da Avenida da Boavista com a Rua Correia de Sá quase em frente ao Colégio do Rosário, trouxe uma nova forma tridimensional à cidade, que marca pela sua estética arrojada, composta por um volume irregular de betão branco cortado por linhas geométricas que parecem ter a pretensão de formar losangos justapostos, alguns dos quais transformados em enormes janelas, com o ar futurista saído de um filme de ficção científica.

Da autoria dos arquitectos José António Barbosa e Pedro Guimarães (Barbosa & Guimarães), este projecto surge como um marco arquitectónico que vale a pena ver e se vai certamente tornar emblemático na cidade. Encaixado entre edifícios tradicionais, agora tornados “vulgares”, começa por nos estranhar ao olhar, captando a nossa atenção e levando-nos a pensar que se trata de algum museu moderno, mas acaba por conquistar pela sua forma estranhamente simpática.

The new Vodafone headquarters in Porto, placed at the intersection of Avenida da Boavista with Rua Correia de Sá almost in front of Colégio do Rosário, has brought a new three-dimensional shape to the city, which stands for its bold aesthetic, as an irregular concrete volume cut by white geometric lines that seem to draw some juxtaposed lozenge shapes, some of which are turned into huge windows, with a futuristic look that seems to come out of some science fiction movie.

Designed by the architects José António Barbosa and Pedro Guimarães (Barbosa & Guimarães), this project appears as a new architectural landmark that is worth seeing and will definitely become emblematic in town. Nested among several traditional buildings, that now have become “common”, it starts making us finding it strange, catching our attention and making us wondering if that’s a modern museum, but eventually conquers our heart by its strangely pleasant shape.

Edifício Vodafone – Porto
architect: Barbosa & Guimarães, 2006-2009
in: Avenida da Boavista, 2949
GPS  |  MAP

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Edifício Burgo

Viaggi di Architettura @ Porto

Standard

Embora tenha sido publicado online há cerca de um ano, vale a pena (re)ver este video dos italianos da Nonsolomoda dedicado à arquitectura na cidade do Porto, sob o olhar atento da viaggidiarchitettura.it

Although it has already been posted online a year ago, it is worth (re)watch this video of the Italians from Nonsolomoda devoted to architecture in the city of Oporto, under the eyecatch of viaggidiarchitettura.it

Viaggi di Architettura @ Porto, Jun.2008
via: http://www.viaggidiarchitettura.it

sep.jpg

Poderá também gostar de: // You may also like:

Casa da Música Museu de Serralves Casa do Cinema

Casa do Cinema

Standard

casa do cinema

casa do cinema

casa do cinema

A denominada ‘Casa do Cinema Manoel de Oliveira‘ nasceu do desenho arrojado do arquitecto Eduardo Souto de Moura, num estilo diferente, que parece algo mais próximo de Álvaro Siza, com um volume assimétrico que se procura enquadrar no meio das casas envolventes, de onde se destacam enormes janelas que mais parecem os olhos salientes de um insecto que perscrutam tudo à sua volta, animando o edifício no seu conjunto.

The so-called ‘Casa do Cinema Manoel de Oliveira‘ was born from the sketches of the architect Eduardo Souto de Moura, in a different style that sounds like closer to Álvaro Siza’s, as an asymmetrical volume that tries to fix among the surrounding houses, from which stand out the huge windows that look like prominent eyes of an insect that examine everything around them, livening up the building as a whole.

Casa do Cinema Manoel de Oliveira
arch.: Eduardo Souto de Moura, 2003
at: Rua Arquitecto Viana de Lima

GPS   |   MAP

Faculdade de Arquitectura

Standard

A Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto está localizada numa espécie de terraço, sob uma escarpa, com vista para o rio Douro, tendo pelo meio uma via rápida com muito tráfego. A arquitectura de Álvaro Siza joga constantemente com este espaço contextual, e com ele interage, colocando à frente da estrada quatro espécie de “torres” que protegem o edifício como um todo, mas separadas umas das outras de forma a não ocultar a paisagem e a deixar o edifício respirar. Uma das suas obras de referência.

The Oporto School of Architecture is located in a kind of terrace, over a cliff, overlooking the river Douro, having inbetween a road with much traffic. The architecture of Álvaro Siza plays constantly with this contextual space, and interacts with it, placing ahead of the road four kind of “towers” that protect the building as a whole, but separated from each other not to hide the scenery and allowing the building to breathe. One of his remarcable works.

Faculdade de Arquitectura (FAUP)
arq:
Álvaro Siza, 1993
in: Via Panorâmica (Campo Alegre) – Porto
 
GPS 41.150118, -8.635758   |   MAP

Ar de Rio

Standard

Ar de Rio é um café e restaurante com esplanada localizado junto ao rio Douro, bem de frente para o soberbo cenário da cidade. Mas destaca-se sobretudo pela sua composição arquitectónica, quer ao nível do design e funcionalidade, quer pela coerência e harmonia com o espaço onde se insere, no Cais de Gaia. Trata-se de um projecto (nomeado para o Prémio Mies Van der Rohe) da responsabilidade dos arquitectos da Menos é Mais que marca pela eficiência da versátil combinação entre leveza e rigor, minimalismo e complexidade, resguardo e abertura.

É composto por um conjunto de módulos compactos, com linhas simples, que se complementam, um pavilhão para restaurante/bar, outro para a cozinha de apoio e um terceiro para funcionar como esplanada. Neste último é marcada a versatilidade entre um espaço aberto ou fechado em função das alterações climatéricas. O que foi conseguido com uma espécie de malha hexagonal em aço, tipo favo de mel, através da qual, sem abdicar da leveza, da luminosidade e da visibilidade que a paisagem exige, se consegue de forma eficaz resguardar ou abrir a esplanada, com a ajuda de uma cobertura flexível em vidro. Esta estrutura permite ainda contantes jogos de luz e sombra bem como variações entre transparência e opacidade, consoante a nossa perspectiva visual.

Ar de Rio is a café and restaurant with terrace located near the River Douro, right in front of the superb scenery of the city. But it catches us primarily for the architectural composition, both in terms of design and functionality, in consistency and harmony with the area in which it is placed in Cais de Gaia. It is a project (nominated to the Mies Van der Rohe award) of the architects of Menos é Mais that makes an impression by the efficiency of the versatile combination of lightness versus precision, minimalism versus complexity, closure versus openness.

It consists of a series of compact modules with simple lines that complement themselves, a pavilion for the restaurant / bar, another for the kitchen and a third for the terrace. This last one is marked by the versatility of having an opened or closed space depending on the weather conditions. That was achieved with a kind of hexagonal mesh of steel, like a honeycomb pattern, through which, without losing the lightness, brightness and viewing of the landscape, they could effectively protect or open the terrace, with the aid of a flexible glass cover. This structure even allows constant games of light and shadow as well as variations between transparency and opacity, according to our visual perspective.

Ar de Rio
Avenida Diogo Leite, 5 – Cais de Gaia
T. +351 223 701 797
GPS 41.138185, -8.611844   |   MAP

Edifício Burgo

Standard

Considerado por muitos uma obra de referência da arquitectura idealizada por Eduardo Souto Moura, o Edifício Burgo tornou-se já um icon que deve, para nós, fazer parte de qualquer arquitour pelos edifícios modernos mais cool na cidade do Porto. Trata-se de um complexo composto por dois edifícios, um horizontal de 3 pisos e outro vertical com 18, que mais parecem dois enormes módulos de forma geométrica simples, com traços de linhas rectas onde se encontram influências de Mies van der Rohe, e na frente dos quais se encontra uma grande escultura metálica pintada de vermelho e verde da autoria de Angelo de Sousa.

O destaque da obra vai para a torre, aparentemente simples mas propositadamente ilusória ou, como diz o próprio autor, “mentirosa”: por um lado, pela complexidade do desenho e da técnica, de uma construção sem colunas estruturais, apenas em open space; por outro lado, pela dualidade da sua fachada, ora envidraçada de uns lados, ora opaca dos outros, o que confere ao edifício a sugestão simultânea de transparência e abertura ao exterior com a de inigmático e introvertido; ou ainda pelos detalhes, como a porta de entrada que está subtilmente escondida, sendo nada mais do que uma parte “falsa” da própria fachada lateral que se abre.

Considered by many to be a reference on the work of the architect Eduardo Souto Moura, the Burgo building has already become an icon which necessarily has to be included in any ‘arquitour’ around the modern coolest buildings in Porto. That’s a complex of two buildings, a 3-stories high horizontal one and another vertical volume with 18 floors, which look like two large modules of a simple geometric form made of straight lines where we can feel the influence of Mies van der Rohe, and in front of which is a large metal sculpture painted red and green designed by Angelo de Sousa.

The highlight of this work goes to the tower, apparently simple but deliberately misleading or, as the author himself says, “deceitful”: first for the complexity of the design and technology that comes from a building without structural columns, just in open space; on the other hand, the duality of its facade, a glass covered on 2 sides, opaque on the other sides, giving the building the simultaneous suggestion of transparency and openness to the outside versus of beeing inigmatic and introverted; or even in certain details such as the main entrance door that is subtly hidden, being nothing more than a “fake” part of the side wall that opens.

Edifício Burgo
architect: Eduardo Souto Moura
in: Avenida da Boavista 1837 – Porto

GPS 41.160466, -8.645328   |   MAP

Petit Cabanon

Standard


De volta ao CCBombarda, seguimos desta vez a linha verde escura, de entre as que compõem a palete de cores que decoram o chão da galeria, que nos leva até à loja 24. Deparamo-nos com o petit CABANON, um (pequeno) espaço independente dedicado a todos os que gostam, trabalham ou investigam sobre arquitectura e cultura visual.

Inspirado na pequena cabana de madeira, com cerca de 15m2 , que o mestre Le Corbusier construiu, no início dos anos 50, para servir de residência de férias de verão e para onde convidava amigos, gerando uma atmosfera de convívio e discussão criativa sobre arquitectura, o petit CABANON é um local dedicado à reflexão conjunta, ao debate de ideias e conceitos, ao desenvolvimento de projectos, que apela à participação e promove exposições, sempre em torno da arquitectura e artes plásticas.

Um espaço certamente alternativo e diferente, que merece uma visita.

Okastudio

Standard

Quando passamos pela marginal do rio Douro, vindos do Passeio Alegre na Foz, logo encontramos um edifício com uma fachada distinta, coberta por ripas de madeira e três janelas dobradiças que nos captam o olhar. Uma casa com grandes janelas de vidro, que olham o rio de frente e deixam a luz entrar, remodelada de forma a albergar um projecto diferente criado por três arquitectos: o Okastudio.

Num espaço eclético que se reparte pelos diferentes pisos da casa, o Okastudio é uma espécie de laboratório de ideias de arquitectura e design, que vai desde a concepção propriamente dita (de projectos imobiliários, de espaços, de peças de mobiliário) no último piso, até à sua apresentação ao público, no rés-do-chão, com a criação de ambientes distintos e personalizados, ficando ainda pelo meio um piso dedicado à arte, cuja programação esteve no ano passado a cargo da galeria Lab65 com inúmeras exposições de fotografia.

Está na Rua das Sobreiras, 361 (ao Passeio Alegre), e encontra-se aberto de segunda a sábado das 10h00 às 19h00. Tel. +351 226 163 540.

Casa de Chá da Boa Nova

Standard

boa nova

boa nova

Está bem perto do Porto, junto ao mar, ao lado de um farol e de uma capela, uma casa que exige a sua visita: pela beleza privilegiada do local onde se insere; porque é uma das primeiras e mais emblemáticas criações de Siza Vieira, que nos marca pela harmonia da estética e dos materiais, pela forma suave e natural como se aninha sobre as rochas e se integra com perfeição na paisagem; pelo deslumbramento da contemplação do mar e de um pôr-de-sol únicos; pela sedução e conforto do seu interior com ligação directa, através de paredes de vidro, à beleza agreste das rochas e do mar que a abraça.

Casa de Chá da Boa Nova é um sítio perfeito para um café depois do almoço, ou para uma bebida relaxante ao fim da tarde, com um pôr-de-sol indescritível ou com a chuva a bater nos vidros e o ruído de fundo do mar a fustigar as rochas que nos envolvem, podendo-se desfrutar de momentos de prazer que nos acariciam a alma, no conforto de uma sala com materiais nobres, onde a madeira domina, aconchegados nos sofás de couro que rodeiam mesas baixinhas e à luz ténue de pequenos abajures.

Sugerimos uma visita prévia à Piscina das Marés, outra obra legendária de Siza perfeitamente em harmonia com a natureza, seguida de um passeio sem pressas ao longo da marginal até à Casa de Chá.

There’s right near Porto, by the sea, next to a lighthouse and a chapel, a house that requires your visit: because of the privileged beauty of the surroundings, because it is one of the earliest and most emblematic creations of Siza Vieira, marked by the harmony of aesthetics and materials, the smooth and natural way it ‘nests’ on the rocks and perfectly places into the landscape, because of the fascination of contemplating the sea and an amazing sunset, because of the charm and comfort of its interior with a direct connection, through glass walls, to the rugged beauty of the rocks and the sea that embraces it.

The Casa de Chá da Boa Nova (tea house) is a perfect place for a coffee after lunch, or for a relaxing drink in the evening with a unique sunset, or feeling the rain against the windows, with the sound of the sea lashing the rocks that surround us, enjoying moments of pleasure that warms our soul, in the comfort of the room made of noble materials, dominated by the woods, cozy leather sofas, low tables and a faint light from the small lamps.

We suggest a prior visit to the tidal pool, another legendary Siza’s work, nearby and perfectly in harmony with nature, followed by a leisurely stroll along the waterfront to the tea house.

Casa de Chá da Boa Nova
Largo da Boa Nova, Leça da Palmeira – Matosinhos
(perto da Capela da Senhora da Boa Nova)
T.: +351 229 952 182

Aeroporto do Porto

Standard

O terminal de passageiros do Aeroporto Francisco Sá Carneiro é uma bela obra de arquitectura e engenharia marcada pelo rigor e precisão do traço, rígido e seguro de forma a trasmitir a segurança e eficiência que um moderno aeroporto deve proporcionar. Uma nova referência arquitectónica que se torna mais um ícon da cidade.

Foi recentemente galardoado com o Prémio da Convenção Europeia para Construções em Aço para a melhor obra portuguesa em aço, prémio entregue de dois em dois anos com o objectivo de encorajar a utilização criativa do aço e a inovação. Justificando a decisão, o júri internacional considerou que “através do emprego de grandes estruturas trianguladas, que vencem 80 metros em vão, este terminal aeroportuário combina a transparência com ligeireza de estrutura.” (from Lusa)

The passengers terminal of Francisco Sá Carneiro Airport is a great architectural and engineering construction marked by the rigour and regidity of its trace, severe and precise to bring us the sense of security and eficiency that a modern airport should give. A new architectural reference in the city that becomes an icon.

It was recenly awarded by the European Convention for Constructional Steelwork, for the best Portuguese work in steel. This award is given every two years, with the aim of encouraging creative use of steel and innovation. Justifying the decision, the international jury found that “through the use of large triangulated structures, running 80 meters in vain, the airport terminal combines transparency with lightness of structure.” (from Lusa)

Aeroporto do Porto
Pedras Rubras, Maia
T.: +351 229 432 400 | e-mail: flyopo@ana.pt

Aeroporto – centro da cidade /Airport – city center
BUS: 604 , 600 (601 durante a noite /during the night). Aprox. 20 min., preço do bilhete /ticket price 1,30 €.
Metro: Linha E (Violeta). Aprox. 25 min., preço do bilhete /ticket price 1,35€.