O Cometa

Standard

ocometa

ocometa

ocometa4

ocometa

No meio do velho casario granítico característico da zona alta de Miragaia, uma sala de jantar acolhedora com largas janelas apresenta-nos uma vista rasgada do rio, por entre labirínticas ruas estreitas e degraus de pedra com história, numa mistura única de tons de azul, verde e cinzento. Falamos d’O Cometa, um restaurante com personalidade que se descobre de dentro para fora, num interior modernamente decorado, com bom gosto, que não se consegue adivinhar para lá da porta que se nos apresenta na esquina arredondada de uma casa antiga.

Com um serviço simpático e uma cozinha imaginativa, é uma espécie de tasca requintada de cozinha portuguesa com a influência de viagens pelo mundo. O ambiente é sereno e agradável, cosmopolita e sofisticado. Um sítio para estar ‘in’ no lado mais típico da cidade real, perto da muralha Fernandina e logo abaixo do Largo de S. João Novo. Não é fácil lá chegar sem GPS, sendo preferível descer da Cordoaria do que subir da marginal; o estacionamento é difícil, talvez seja preferível recorrer a um taxi.

Right in the middle of the old granitic houses characteristic of the area of high Miragaia, a cozy dining room with large windows presents us with a torn view of the river, through labyrintic and narrow streets and steps of stone with history, a unique blend of blue, green and gray. We’re refering to O Cometa, a restaurant with personality to be discovered from the inside out, with a modern interior decorated with good taste, which you can not guess beyond the door in a round corner of an old-fashioned house.

With a friendly service and an imaginative cuisine, it is a kind of exquisite ‘tasca’ (traditional chop-house) with Portuguese cuisine full of influences from travelling around the world. The ambience is serene and pleasant, cosmopolitan and sophisticated. A place to be ‘in’ on the real side of the town, near the Fernandina wall and just below the Largo de S. João Novo. It’s not easy to get there without GPS, and it´s better to go down from Cordoaria than to come up from the riverfront; parking is difficult, it should be better to go by taxi.

Restaurante O Cometa
Rua Tomás Gonzaga, 87
(+351) 222 008 774 / 919 409 639
Aberto das 20h-24h. Fecha ao Dom. (horário de Inverno) e à Seg. (horário de Verão)
Open from 8pm-12pm. Closed on Sun. (in winter time) and on Mon. (in summer time)
Preço médio /average price 25€

Innovative, Charming

12 thoughts on “O Cometa

  1. framboesa

    Muito bom. Espaço com charme, ideal para um jantar a dois, com bom vinho e boa companhia. Serviço/atendimento excelente, com imenso nível. A visitar com tempo e com os sentidos apurados. Difícil estacionar e, ainda bem, porque a localização é única!

  2. H. P.

    De facto o restaurante cometa tem um ambiente muito acolhedor e sereno mas normalmente isso são caracteristicas de restaurantes com espaço limtado como é o caso deste.
    Passando ao que interessa realmente que é a refeição propriamente dita. O couvert fica a 5€ por 2 pessoas e consiste apenas num pão por pessoa, num prato com manteiga, nas tipicas azeitonas com uns tremoços à mistura e segundo o jovem e não muito atento empregado que nos atendeu, num copo com água.
    Passando para as entradas optamos por um crepe de arroz com camarao que na verdade o camarao servia so para enfeite sendo 90% recheio uma mistura de cenoura, alface e de um tipo de repolho que agora nao me recorda o nome, tudo regado á nossa vontade com uma especie de molho de soja. Escusado será dizer que não era nada que nos impressionasse nem justificasse os 6 ou 7 euros que esta entrada custa. A outra entrada foi um creme de peixe com croutons que na verdade de peixe e de creme tb tinha muito pouco. Para mim uma aguadilha com sabor a peixe não é de forma alguma um “creme”. Mais uma vez a entrada a desiludir e a não justificar os 6 euros que custava.

    Passando para os pratos principais posso dizer que o caril goense de pato com arroz thai estava muito saboroso embora a dose fosse diminuta. Penso que pelos 15 euros que pagamos por este prato, num bom restaurante indiano, conseguimos comer tb um bom caril e sair menos desconsolados.
    O polvo grelhado com legumes e batata a murro (opcional) estava tb bem confeccionado, mas mais uma vez deixou-nos a salivar por uma porção um pouco mais generosa.
    Passando para as sobremesas e correndo o risco de me repetir a tarte tatin com bola de gelado embora boa, tinha o diametro de um pastel de nata com gelado de nata por cima, mais uma vez o chef não foi muito maos largas nas doses…

    Ora com mais um copo de vinho á mistura a conta de duas pessoas ficou por 52€. Valor bastante inflacionado para uma refeição que não foi nada de surpreendente e além disso servida numa dose sempre reduzida.
    Com tantos restaurantes de qualidade, quantidade superiores e a preços semelhantes como há no Porto (como Shis ou Foz Velha) de certeza que este cometa não voltará a passar pelo nosso firmamento.

    • Resa

      Estava com vontade de conhecer o espaço, assim sendo, perdi a vontade.
      Obrigado por partilhar essa experiencia

      • MESS

        Resa, vale a pena conhecer esta verdadeira pequena perola.. O H.P. procura comer à fartazana e pelos vistos não aprecia a qualidade, quer é encher a barriga !!

  3. Marisa

    Gosto muito deste restaurante, essencialmente pelo ambiente. Num verão, com as janelas abertas, torna-se um espaço especialmente agradável. A decoração é muito boa, ecléctica, deixando adivinhar o que aquele espaço era anteriormente. A comida é boa, não vem em enormes quantidades mas vem em quantidades a que chamo “normais”. Pagar 25€ por: entradas, vinho, refeição, sobremesa e café não é excessivo para quem procura um ambiente assim. Recomendo a experiência!

  4. Armando

    O espaco e fabuloso a invocar a imaginacao do que seria antigamente,em relacao as doses acima referidas concordo plenamente,sem duvida poderiam ser mais generosas apesar de que o ambiente intimo e o atendimento relaxado mas atento agradou me bastante.Para ocasioes especiais sem duvida e uma optima escolha pois o preco nao chegara a todas as carteiras! Gostei e irei voltar!

  5. joana

    Fui experimentar o Cometa. O espaço é lindo, com uma decoração única e com muito charme. o ambiente é de facto fora de série! o serviço é simples, discreto e atento. numa coisa concordo com o HP, o que interessa é a comida, vou descrever o meu jantar. Cheguei e fui convidada para uma caipirinha, que aceitei de bom grado, e que estava óptima! De entrada comi uma sopa de peixe muito rica e que estava divinal (€ 5,00), de seguida escolhi um caril de pato que (contra as expectativas) veio em doses generosas ( € 15,00), por fim partilhei uma charlotte de chocolate (€ 4,00) top, pois já bem havia barriga para mais! A carta de vinhos é variada e bem escolhida. Fiquei cliente e vou voltar muito!!!

  6. eti

    Julho 2011: O restaurante é bastante overpriced quer para qualidade, quer para quantidade de comida servida. O serviço/atendimento é normal, tal como o espaço, mas não algo que se enquadre na categoria de extraordinário que o preço faz supor.

  7. Marlene Lúcio

    O ambiente é bonito, eclético, com apontamentos de humor e cor, como que tirado de um filme do almodovar, mas não chega para compensar vários problemas muitograves:

    – Entrada crepe camarão: sabor horrível com os legumes (cenoura?) ensopados e a saberem a mofo; também sobre a mesa jazia um paté que estava escuro por ficar exposto ao ar no qual não nos atrevemos a tocar
    – Outra entrada: especialidade da casa com um nome esquisito-uma espécie de dumplings recheados. A massa estava mal cozida, tipo pastilha. Indiscrítível de tão mau
    – Prato principal: cous cous com vegetais. Bróculos cozidos e mais uma vez ensopados. Tomate não cozinhado e o molho proposto era simplesmente soja!

    Por isso concordo plenamente com o H.P., não se trata de pouca quantidade, trata-se de uma falta de qualidade extrema paga a preço dos melhores restaurantes. Pelo mesmo preço que paguei no cometa, comi no Terra divinalmente. Senti-me roubada e acho o cúmulo como um restaurante cuja cozinha é também indiscritível (melhor não olharem lá para dentro) esteja ainda aberto.

  8. teresa e carlos fernandes

    Encantados com tudo… Espaço antigo, magnificamente aproveitado e decorado, cozinha excelente com carta de vinhos ao mesmo nível e serviço/acolhimento sem falhas.
    Voltaremos e divulgaremos!

Os comentários estão fechados.