“Homem T”

Standard

Mais de uma centena de artistas plásticos foi desafiada para pintar 100 manequins em fibra de vidro, de tamanho real, de forma a representarem a sua imagem pessoal sobre o “homem total”, um conceito utópico que visa gerar uma reflexão sobre a necessidade de um novo paradigma social, sem segregação. Trata-se de um projecto de intervenção cultural e artística que pretende ter sobretudo um impacto social.

A exposição destes “Homens T” ao longo da zona interior da Avenida dos Aliados, promove a interacção do público provocando a reflexão acerca da humanidade. Uma espécie de “Homem T” parade também com um intuito de beneficiência, com um leilão das obras a 19 de Setembro, cujo resultado reverterá para auto-financiamento do Espaço T, promotor deste projecto e que há 15 anos luta pela integração social.

Over one hundred artists were challenged to paint 100 mannequins made in fiber glass, normal size, in order to represent his personal image of a “total man”, an utopic concept that aims to generate a discussion on the need for a new social paradigm, without segregation. This is a project of cultural and artistic intervention that aims to have an impact on society.

The exposure of these “Homem T” (“T Man”) along the Aliados Avenue downtown, until the end of August, provokes an interaction with the public/viewers promoting some discussion about the mankind. A kind of “T Man” parade that have also a charity purpose, with an auction of all the works on September 19th, as the result of it will revert to self-financing “Espaço T“, the social organization that is the promoter of this project, and that keeps fighting for social integration over the last 15 years.

«Homem T» – um projecto de felicidade …
(«T Man» – a happiness project …)
Avenida dos Aliados, Porto
Até 31 de Agosto // Until August 31th

2 thoughts on ““Homem T”

  1. Olà.
    a semana pasada estive no Porto depois dum ano sem ir là. Adorei ainda mais!”
    Estive nos Aliados e tirei algumas fotografias!
    Segui as as recomendaçoes de OPORTOCOOL e fui a algums sitios que li nos seus post:

    Adorei: Praça (onde bebi uma caipiroska)
    LOUI LOUI
    Miguel Bombarda en geral
    DOWNTOWN LOUNGE
    E SOBRE TUDO “ERA UMA VEZ NO PORTO” E OS SEUS EMPREGADOS: RICARDO, INÉS E E SUE DONO NELSON… ME ENCANTA!”
    AMO- TE PORTO!”

  2. CPires

    As estátuas têm sido um sucesso. Sobretudo entre a turistada que é o que a urbe precisa. Uma sugestão ao Espaço T: porque não deixá-las ficar? Leiloavam metade das estátuas, pediam um donativo ao Rio (em ano de eleições eles dão tudo) e as restantes passavam a ser mobiliário urbano. Aquele deserto de paralelipípedos bem precisa. Sempre contrariava positivamente o cinzentismo granítico do cinzentão Siza.

Deixar uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s