OPORTOCOOL | WALKS #1

Standard

Um sábado de manhã a passear pela cidade pode tornar-se um dos possíveis roteiros a sugerir, aproveitando o melhor que a cidade tem para oferecer🙂

. começando na zona dos Clérigos, a torre atrai o nosso olhar vezes sem conta, fotografando-a outras tantas vezes; [quem nunca subiu deve aproveitar para ter uma outra vista sobre a cidade – desde que possa desafiar mais de 200 degraus…];

. um café e uma nata no Costa para acordar e dar uma vista de olhos pelas novidades das lojas do Passeio dos Clérigos antes de decidir ir visitar a Livraria Lello e comprar um livro para ler mais tarde junto ao mar;

. já com sede subimos para tomar uma bebida no Base e ouvir música que compõe a banda sonora de um dia na cidade banhada pelo sol;

. descemos a rua dos Clérigos até aos Lóios e ela aproveita para fazer umas compras na Fashion Clinic e na Feeting Room (que tem um Coffee Lounge em plena pracinha); eu aproveito para ir buscar um gelado à Santini e ir tirar umas fotos na estação de São Bento (não me canso da sua beleza);

. subimos a rua 31 de janeiro até à Batalha, sem perder de vista os azulejos da igreja da Santo Ildefonso e o Teatro São João que muitos estão calmamente desenhando nos seus cadernos de sketches; descemos por trás do teatro até a Sé Catedral [uma alternativa seria apanhar o funicular dos Guindais e descer para a Ribeira, onde não faltam ruelas a explorar, bares e restaurantezinhos tradicionais (Wine Quay Bar, Ode Porto Wine House, RIB…) ou esplanadas repousantes, como a do Bar Ponte Pensil, literalmente sob a ponte e sobre o rio];

. o adro da Sé, o seu interior e a vista sobre o rio e os telhados do casario junto à igreja dos Grilos, justificam o desvio antes de irmos atravessar a ponte D. Luís I;

. o tabuleiro superior da ponte é um dos mais bonitos miradouros da cidade; neste caso sobre o rio Douro, passeando o nosso olhar deslumbrado, como se da primeira vez se tratasse, da direita – lá está a torre dos Clérigos, a Sé, igrejas, telhados, casas encavalitadas umas nas outras, cores que parecem combinar para criar uma tela perfeita – para a esquerda – olha o mosteiro da Serra do Pilar (merece uma subida pela tradicional vista de postal!), o hotel Yeatman como um resort de férias de luxo em cenário urbano, as caves de vinho do Porto, o teleférico deslizando sobre os telhados vermelhos – passando pela Ribeira que lá em baixo fervilha com pessoas a passear extasiadas pelas ruelas e pelos barcos coloridos a deslizar pachorrentamente cortando a suavidade brilhante do rio;

. quem subiu ao mosteiro merece retemperar forças na esplanada do Teleférico, com um fino bem gelado (Super Bock claro!) e vistas de perder (de novo) o fôlego (lol); [uma alternativa seria descer de teleférico até ao Cais de Gaia, e seguir junto ao rio na direção da ponte D. Luís, passando por restaurantes e bancas de vendedores ambulantes, sem tirar o olhar do (provavelmente) mais deslumbrante cenário citadino do mundo🙂];

. voltamos pela ponte e descemos até à estação de São Bento, percorrendo lentamente a rua das Flores até ao Largo de São Domingos, parando aqui e ali para entrar nas lojinhas (Chocolataria Equador, Joia da Coroa, Chocolataria das Flores, Mercearia das Flores, etc), espreitar restaurantes para voltar um dia destes (Cantina 32, Á Parte, Galeria do Largo, DOP, … sem esquecer o Cantinho do Avilez ali perto na rua paralela) e tirar mais fotos de pormenores e paredes grafitadas, arte urbana a colorir o nosso passeio;

. almoçamos na esplanada do restaurante LSD, seguindo o rebuliço cosmopolita de quem passeia calmamente nesta zona tão bonita da cidade;

. descemos até à Ribeira, à margem do Douro, misturámo-nos com os turistas e calcorreámos ruelas; subimos até a frente da igreja de São Francisco, onde apanhamos o elétrico nº 1 que ao ritmo de outrora desliza sobre os carris que seguem a marginal do rio até à Foz, oferecendo-nos uma paisagem soberba; saímos antes, na Cantareira e passamos pela Mercearia do Miguel para comprar umas iguarias e comermos uma tosta acompanhada de uma limonada gelada; atravessamos a rua para passear relaxadamente junto ao rio e parámos para descansar na esplanada do Bocca (aproveitei para começar a ler o livro que comprei);

. não jantámos aqui desta vez (mas seria uma boa opção) porque já tinhamos combinado comer uns petiscos sempre surpreendentes na Casa de Pasto da Palmeira, a chegar ao Passeio Alegre; o rio acompanhou-nos sempre e marcou o ritmo pausado deste dia reconfortante para a alma, que ficou a transbordar com a beleza indescritível que o por-do-sol nos ofereceu… adoro os fins de tarde assim.


4 thoughts on “OPORTOCOOL | WALKS #1

  1. Joana Bastos

    «. já com sede subimos para tomar uma bebida no Base e ouvir música que compõe a banda sonora de um dia solarengo;» dia solarengo não existe… existe ‘soalheiro’

  2. Andreia Ferreira

    Bom dia

    Como devo fazer para aceder ao artigo em inglês?

    Obrigada ________________________________ De: O PORTO COOL | insider’s cool guide to Porto Enviado: 19 de setembro de 2016 11:13 Para: andreiaferreira85@hotmail.com Assunto: [Novo artigo] OPORTOCOOL | WALKS #1

    oportocool posted: ” Um sábado de manhã a passear pela cidade pode tornar-se um dos possíveis roteiros a sugerir, aproveitando o melhor que a cidade tem para oferecer🙂 . começando na zona dos Clérigos, a torre atrai o nosso olhar vezes sem conta, fotografando-a outras “

  3. Maria Fernanda Maia

    E porque não visitar também o Pretinho do Japão e a sua nova esplanada, numa tarde de sol?Na rua do Bonjardim 496A Ficámos à espera da vossa visita.

    com os voos de muitos passeios pelo porto e muitas visitas,

    Fernanda Maia

    No dia 19 de setembro de 2016 às 12:12, O PORTO COOL | insider’s cool guide to Porto escreveu:

    > oportocool posted: “​​ Um sábado de manhã a passear pela cidade pode > tornar-se um dos possíveis roteiros a sugerir, aproveitando o melhor que a > cidade tem para oferecer🙂 . começando na zona dos Clérigos, a torre atrai > o nosso olhar vezes sem conta, fotografando-a outras ” >

Deixar uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s