Sushi no Mercado

Standard

sushi mercado

sushi mercado

sushi mercado

sushi mercado

sushi mercado

Um dos espaços que tem tornado o Mercado de Matosinhos um dos spots mais trendy da zona é o Sushi no Mercado, que assim tem ali ao lado os produtos do dia prontos a confecionar na hora. Perfeitamente integrado entre a frescura do peixe, a diversidade dos legumes e das frutas do mercado, apresenta um conceito único que pode fazer a diferença para os amantes do sushi.

O espaço estende-se desde o exterior até quase literalmente às bancas multicolores, com uma muito agradável esplanada no interior do mercado, cuja beleza arquitetónica enriquece a experiência e a torna singular. A decoração é moderna e minimalista, com mesas e cadeiras em madeira clara que criam um ambiente acolhedor e surpreendentemente intimista se considerarmos a amplitude do edifício e a atmosfera tradicional de um mercado antigo.

Sushi no Mercado
Mercado de Matosinhos – Rua Álvaro Castelões
+351 229 371 800
Ter-Sáb ao almoço e jantar, Dom apenas ao jantar

https://www.facebook.com/sushinomercado

Romeo Giulietta

Standard

Romeo Giulietta

Romeo Giulietta

Romeo Giulietta

Romeo Giulietta

rj4

O sonho de Susana Gomes Ferreira era ter a sua própria tea house. O chef Rodrigo Almeida Garrett procurava local para o seu próprio restaurante. Os dois decidiram juntar no mesmo espaço os seus projetos e abriram em plena Baixa o Romeo Giulietta. Tal como a combinação de queijo com marmelada, o restaurante combina na perfeição com o conceito de casa de chá, complementando-se ao longo do dia num espaço que se divide entre duas bonitas salas e um agradável pátio interior com esplanada.

O espaço é confortável e intimista, com uma decoração romântica e acolhedora. Na sala Romeu, ao comprido, há sofás encostados às paredes e do outro lado das mesas cadeiras com assentos rosa e azul, com um enorme espelho que parece ampliar o espaço. Na sala Giulietta, mais reservada, há simpáticas mesas redondas, pendem do tecto lustres de cristais, e nas paredes aguarelas e molduras de diversas formas e feitios. A cozinha é essencialmente tradicional portuguesa com toques de contemporaneidade do chef, não faltando os petiscos para picar e fantásticos doces, como sobremesa ou à hora do chá.

Romeo Giullieta
Rua do Almada 249
+351 223 233 218 | 919 049 860
Ter-Sáb 10:30-00:00, Seg 10:30-18:30 (fecha Dom)
http://www.romeogiulietta.pt

GPS: 41.148980 N, -8.612157 W

Inaugurações simultâneas @ quarteirão Miguel Bombarda, 20 Set ’14

Standard

IMG_3855.JPG

Sábado 20 de Setembro 2014, o Porto, cosmopolita e boémio, criativo e estimulante, animado e divertido, volta ao quarteirão de Miguel Bombarda, com a inauguração simultânea de exposições de arte contemporânea nas diversas galerias, novas coleções nas lojas, moda e design, animações de rua e diversas intervenções artísticas … A partir das 16 horas, mais um dia cool.

Saturday, September 20th 2014, the cosmopolitan and bohemian, creative and stimulating, fun and enjoyable side of Porto gets back to the Miguel Bombarda district, with the usual simultaneous inaugurations of contemporary art exhibitions, new collections on stores, fashion and design, street animation and several art performances… From 4pm, another cool day.

guia_expo

Próximas Inaugurações simultâneas de arte contemporânea no quarteirão Miguel Bombarda para 2014:
> 8 de novembro

Restaurante Boa Nova

Standard

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

ALVARO_SIZA_CASA_DE_CHA

Maravilhosamente localizado na emblemática Casa de Chá da Boa Nova, o Restaurante Boa Nova é um sítio perfeito para almoçar ou jantar, com um pôr-de-sol indescritível ou com a chuva a bater nos vidros e o ruído de fundo do mar a fustigar as rochas que nos envolvem, podendo-se desfrutar de momentos de prazer que acompanham na perfeição uma repousada e requintada refeição. Um restaurante elegante num local único.

Tudo tem um acolhedor ar retro neste espaço privilegiado, refletido no conforto de uma sala com materiais nobres, onde a madeira domina, aconchegados nos sofás de couro que rodeiam mesas baixinhas e à luz ténue de pequenos abajures. Ideal para receber uma inovadora e ousada cozinha de autor, a cargo do chefe Rui Paula do já conceituado Restaurante DOP, apresentada em menús de degustação apostados em aproveitar o melhor dos peixes e mariscos, desta feita num espaço que tem tudo para se converter num dos principais spots gastronómicos e arquitetónicos do país.

Restaurante Boa Nova
Casa de Chá da Boa Nova
Av. da Liberdade (junto ao farol) – Leça da Palmeira
Reserva obrigatória: +351 229 940 066 / 932 499 444
Ter-Sáb 12:30-15:00, Seg-Sáb 19:00-23:00
Preço/Price: menus de degustação entre 60€-120€/pessoa

GPS: 41° 12′ 10.21 N / 8° 42′ 52.87 W

Fotos daqui

Cantinho do Avillez – Porto

Standard

cantinhoporto9

cantinhoporto11

cantinhoporto12

cantinhoporto15

cantinhoporto13

cantinhoporto14

cantinhoporto10

Depois do conhecido restaurante homónimo no Chiado, em Lisboa, o chefe José Avillez abriu um novo Cantinho do Avillez na invicta. Tal como no primeiro, o espaço criado pelo Atelier AnahoryAlmeida, da dupla de designers de interiores Ana Anahory e Felipa Almeida, é bastante confortável, alegre e informal, o que resulta dos tons claros usados, cortados por cores alegres como o azul e o vermelho, da madeira nas paredes e nas mesas acompanhadas por cadeiras propositadamente assimétricas, bem como nos pormenores decorativos onde se destacam objetos de cozinha com ar retro, candeeiros vintage e tábuas pintadas com ar inacabado ao lado de sofás e paredes bem clean.

Sente-se que a tradição e a modernidade convivem com naturalidade, criando um ambiente acolhedor, simpático e descontraído semelhante ao do projeto original. A cozinha é de inspiração portuguesa com influências de viagens, sendo essencialmente simples e variada, à base de petiscos e pratos tradicionais, mas com o toque de sofisticação do chefe que já foi reconhecido com uma estrela Michelin.

Cantinho do Avillez
Rua Mouzinho da Silveira, 166
+ 351 223 227 879
Seg-Sáb 12h30–15h00 (almoço), 19h30–00h00 (jantar)
http://www.cantinhodoavillez.pt

Conservas Nero

Standard

nero11

georgette11

nero12

O espírito retro está na moda e as conservas portuguesas revitalizadas e tornadas um produto gourmet, e não uma mera comida de recurso, são já uma incontornável tendência cool. Abordadas de uma forma original e diferente, as conservas nacionais, de altíssima qualidade, fazem parte de muitas das lojas, tascas chic e restaurantes mais requintados e procurados por esse mundo fora, mas também mais, e orgulhosamente, por cá. E Matosinhos volta a estar em foco na produção cuidada e artesanal que muito valoriza estas iguarias bem portuguesas enlatadas em conserva. Cool.

As Conservas Nero são um bom exemplo desta tendência. Recuperando os mesmos grafismos coloridos das embalagens originais e seguindo as receitas do seu avô, José Nero relançou as conservas de atum Catraio, das sardinhas Georgette e de bacalhau Naval, e aposta simultaneamente na inovação com o lançamento de novidades como os filetes de peixe espada preto e as anchovas em vinho moscatel, e com reinvenções como o atum com presunto de Chaves ou com alecrim da Serra da Arrábida, entre outras a descobrir. Todas as conservas Nero são produzidas segundo técnicas tradicionais, com o peixe pré-cozido a ser enlatado manualmente, como se faz há gerações, um processo artesanal que pode ser mais lento mas assegura vantagens únicas em termos de qualidade e sabor.

Conservas Nero
Rua Direita, 351 – Leça da Palmeira

https://www.facebook.com/conservas.nero

NOS em D’Bandada @ Baixa do Porto, 13 Set ’14

Standard

d'bandada

Next Saturday, September 13th 2014, there are bands everywhere downtown Porto, really everywhere among squares, cafes and bars, but also on balconies and other unique sites. For the fourth consecutive year, the NOS em D’Bandada is back in town invading 19 spaces with 62 free concerts in one day, which starts at noon and runs until dawn, than 10 hours of portuguese music.

No próximo sábado, dia 13 de Setembro de 2014, há bandas por todo o lado da Baixa do Porto, por todo o lado mesmo, entre praças, cafés e bares, passando ainda por varandas e outros locais únicos. Pelo quarto ano consecutivo, a NOS em D’Bandada está de regresso invadindo estes 19 espaços com 62 concertos gratuitos num só dia, que começa à tarde e se estende até de madrugada, mais de 10 horas de música portuguesa.

São os seguintes os locais escolhidos para esta edição: Armazém do Chá, Ateneu Comercial do Porto, Café au Lait, Casa do Livro, Coreto da Cordoaria, Edificio AXA, Elétrico, Era uma vez em Paris, Estúdio Sá da Bandeira, Maus Hábitos, Passeio das Virtudes, Passos Manuel, Páteo Interior da Reitoria, Plano B, Praça dos Leões, Praça dos Poveiros, Rádio, Rua Cândido dos Reis e Varandim da Torre dos Clérigos.

Nas atuações por estes espaços teremos: Ana Cláudia, Baba Mongol, Backwater and the Screaming Fantasy, Best of 22ª Curtas Vila do Conde, Blacksea Não Maya, Bruno Pernadas, Cabra Cega, Capicua, Cavalheiro, Celeste-Mariposa, Charanga, Claiana, Cows on Trees, Curtinhas Vila do Conde, D’Alva, Dealema, Dear Thephone, DJ Kitter, DJ Maboku & DJ Lilocox, DJ Marfox, DJ Pedro Tenreiro, Duquesa, Ekco Deck, Ermo, Fachada, Francis Dale, Gala Drop, Ghuna X, HHY & The Macumbas, Hitchpop, Holy Nothing, J-K, Lasers, MAP, Mind da Gap, Miguel Araújo, Niagara, Nice Weather for Ducks, Nitronious, Norberto Lobo, Orquestra Jazz de Matosinhos com Manuela Azevedo, Old Jerusalem, Pulso, PZ, QUelle Dead Gazelle, Real Combo Lisbonense, Ricardo Ribeiro, Rita Campos Costa, Rita Carmos, Rita Redshoes, Sampladélicos, Solar Corona, Spark, Stray, Surveillance, Tar Feather, Throes & The Shoe, Time for T, Walter Benjamin, White Haus e You Can’t Win Charlie Brown.

NOS EM D’BANDADA
SÁB 13 SET 2014
A partir das 16 horas | entrada livre
+informação em nos.pt > dbandada

Consulta o mapa e horário dos concertos AQUI